Comparativos das maquinas

02 Mar 2012, 19:15 [#1]
Deixo aqui um comparativo que saiu na autohoje:

DS3 Racing | Mini JCW | Clio RS

DS3 Racing


Mini JCW


Clio RS Gordini


O campeonato das riscas nunca esteve tão disputado e não falta escolha; para além das riscas e quadrados, as carroçarias bicolores com motivos exclusivos destas versões apimentadas são outro “must”. Em suma, estes pequenos desportivos, que podem ser personalizados, não nasceram para ser discretos.

Por falar em personalização, o Clio RS Gordini é o mais limitado na escolha: a única cor disponível é o azul Gordini e as listas são sempre brancas. Pelo contrário, o DS3 Racing e o Mini JCW oferecem inúmeras possibilidades para se personalizar a carroçaria e o habitáculo a gosto. Mas no DS3 Racing tudo o que parece carbono é carbono. A Citroën preferiu gastar o orçamento no carbono verdadeiro ao invés de, por exemplo, dotar o DS3 Racing de uma electrónica mais evoluída com a função de simulação de um diferencial autoblocante (de série no Mini JCW).

Ao custar 29 950 euros o Clio Gordini é o mais barato deste trio maravilha e, como se não bastasse, soma a isso um nível de equipamento muito completo, fazendo dele o melhor negócio na relação preço/equipamento. Segundo, o DS3 Racing é o que consegue a atmosfera mais especial, muito por mérito das aplicações em carbono bem executadas e ainda melhor integradas; dá o ar de ser o carro mais caro de fazer, o que é bom. Terceiro e último, o Mini é o mais caro e o que, pelos 35 500 euros de PVP base, oferece menos equipamento. Devido à capacidade da mala e ao reduzido espaço atrás, apenas é indicado para solteiros ou como segundo carro.

Motor Mini,chassis Clio
Em matéria de aptidões dinâmicas e gozo de condução, estamos em presença de um trio de sobredotados (e, atenção, esta afirmação não se esgota dentro do segmento), pelo que, salvo uma ou outra excepção, vamos discutir graus de excelência.

O DS3 Racing e o Mini JCW partilham o mesmo bloco 1.6 turbo PSA/BMW mas com diferenças ao nível da gestão e da sobrealimentação. E basta saltar do volante de um para o outro para se notar que os temperamentos são bem diversos, até porque o Mini tem um escalonamento de caixa curto e o DS3 Racing longo (a 6ª é um “overdrive” para baixar consumos e o ruído). O Mini é o mais alerta dos dois, explodindo para a frente sempre que se pressiona o acelerador, e quanto mais elevada a velocidade maior a vantagem na capacidade de aceleração sentida.

Já o bloco 2.0 16v do Clio Gordini associado a uma caixa de relações ainda mais curtas que as do Mini (mas com uma 1ª que faz quase 70 km/h, ideal para os ganchos mais apertados), nas rectas, o melhor que consegue é manter os turbos à vista, aguardando pelas curvas e confiando que o brilhante chassis é suficientemente hábil para desferir a estocada final. De resto, as rectas são um mero preliminar, pois são as curvas que separam os homens dos garotos.

O que lhe falta em motor, o Clio Gordini compensa com a suspensão dianteira de pivot articulado (que permite separar as solicitações transversais de guiamento das verticais de amortecimento) e com um amortecimento digno de um carro de competição. É a plataforma que dá mais confiança para carregar velocidade para as curvas e, depois, improvisar uma saída. A frente é de uma precisão soberba, mantendo sempre uma linha previsível mesmo quando forçamos uma subviragem defensiva. Seja em travagem, em desaceleração, aceleração controlada ou total, o Clio tem sempre uma inscrição muito positiva e que não se deixa afectar por imperfeições do piso.

Depois, doseando o acelerador, é possível enrolar o resto da trajectória quase sem mexer na direcção e aproveitar ao máximo a excelente tracção; aqui o motor atmosférico, mais progressivo no explanar da potência e sem a explosão do turbo, é um precioso aliado. Na prática, o Clio utiliza menos largura de estrada que os outros e a vantagem é tanto mais evidente quanto mais rápido o traçado e/ou menos perfeito for o piso; por exemplo, em sequências de curva/contra-curva o Clio Gordini é intratável, sobretudo se existirem variações importantes do perfil transversal da estrada. Os travões, a caixa e, de uma forma geral, todo o carro mantêm a consistência inalterada independentemente da severidade e duração do tratamento.

Numa ou noutra curva o DS3 Racing e o Mini JCW ainda conseguem fazer jogo igual, mas depois não acompanham o ritmo do Clio Gordini. O Citroën também possui um amortecimento muito bem conseguido, mas a frente sente-se sempre algo leve na inscrição, ficando longe da eficácia, precisão e, sobretudo, confiança, do Renault. O resultado é um limite de subviragem mais baixo, que pode ser atrasado com um aliviar do pé que coloca a traseira a rodar vistosamente. Infelizmente, este movimento nem sempre tem a progressividade ideal para ser aproveitado de forma repetida e eficaz (até porque é acompanhado de um deslocamento lateral expressivo), ficando apenas os pontos devidos à diversão e emoção. A caixa longa, que obriga a meter 2ª em curvas que o Mini e o Clio resolvem de 3ª, também aumenta a carga de trabalho de quem está ao volante. Já os travões estão quase ao nível do Clio.

A confiança também é o calcanhar de aquiles do Mini JCW. A distância entre-eixos reduzida e a suspensão dura são vantagens em piso perfeito, mas geram reacções bruscas quando os limites de aderência são superados e um comportamento saltitante em pisos irregulares. Esta afinação implica que o Mini tem a frente mais rápida a responder ao movimento inicial de volante, mas depois cede à subviragem mais cedo que o Clio e, quando esta se instala, é o carro que precisa de mais espaço e tempo para recuperar; numa pista, é possível forçar essa subviragem, tirando partido da motricidade extra conferida pelo autoblocante electrónico, mas em estrada este procedimento é menos óbvio. Talvez por isso, o Mini é o único que possui uma posição intermédia do DSC, útil em pisos molhados ou para que mãos menos experientes possam divertir-se sem comprometer a segurança. Os travões podiam ser melhores, pois resistem mal à fadiga, perdendo potência e progressividade de actuação. Em suma: nas rectas é difícil seguir as riscas do Mini JCW e nas curvas quem risca mais é o Clio Gordini.

Epílogo
A verdade é que, durante o teste, as chaves mais cobiçadas foram sempre as do Clio Gordini, pois é o que oferece a experiência de condução mais memorável, com um virtuosismo e um equilíbrio com que o DS3 Racing e o Mini JCW só podem sonhar. Na tradição dos últimos produtos com a assinatura Renault Sport, o Clio Gordini faz gala de consistência e robustez verdadeiramente desportiva, ao nível da encontrada nos Porsche. E isto diz tudo...

Para mais informações visitar o link original:
http://www.autohoje.com/index.php?optio ... Itemid=365
Legendary Striker... is back again 8)

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 00:00 [#4]
A nível de design, adoro o Citroen DS3. É o meu estilo de carro, muito desportivo e com um aspecto agressivo! :)
Mas a comprar um dos 3, compraria o Clio, porque, tal como diz no artigo, é o automóvel que faz melhor relação preço/equipamento. Mas também sou suspeito para falar, como vão ter oportunidade de descobrir mais à frente. :mrgreen:

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 10:23 [#7]
Flexi Escreveu:A minha ordem de escolha

- Clio
- DS3
- Mini

Clio é o melhor, DS3 melhor design, o mini é um carro que não me fascina muito sou sincero(se fosse o antigo :D )
Com a maior das sinceridades não percebo muito de carros, sei o que é cavalagem cilindrada e etc, mas não percebo muito.
Contudo, acho o design do Mini algo épico, e lindo, perfeito para um solteiro:) Eu quando vejo o carro, só olho para o design, francamente, não me interesso se anda muito ou pouco xD(se calhar até sou um burro grin)
E assim já percebi que os meus gostos para carros são o contrário do RSantos, visto que não gosto lá muito de carros com o aspecto agressivo. Gosto de carros simples, mas que tenham aquele "toque" :)
Imagem
Adios, adieu, auf wiedersehen, goodbye.

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 11:13 [#8]
Sinceramente acho o DS3 um carro feio ao contrário de vocês (olhem-me só para aquela traseira, por amor de deus). Em termos de aspecto escolhia o Mini, em termos de dinheiro e isso ia para o Clio. Mas quem sou eu para discutir carros quando a minha mãe tem este 500? xD
Imagem
Imagem

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 11:59 [#10]
Esse é mais bonito, é mais desportivo e o design do carro é bastante diferente do da minha mãe. Desse gosto. O da minha mãe é mais carro de senhora. Mas eu não estou a dizer que não gosto do da minha mãe, porque gosto, acho um carro engraçado. Mas para mulher como já disse. :)
Imagem

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 12:02 [#11]
Eu ligo sempre um carro a um todo, o design é apenas uma parte do todo...os meus pontos de um carro são os seguintes e por ordem:

- Motor
- conforto
- Design interior (visto que é o que vou ver 99,9% das vezes é dentro do carro)
- consumos
- design exterior

é esta a minha ordem de prioridades a nível de um carro neste momento, se fosse à 10 anos atrás quando tirei a carta era:

- Design exterior
- motor

e chega :mrgreen:

Eu não gosto do mini porque não me atrai acho o carro muito corpolento para o que é, especialmente eu que já andei imensas vezes nos minis antigos...tipo este carro não o considero um mini, considero um carro de nome mini, mas não é o mini...era quase como se agora a renault fizesse uma nova versão do renault 5(o meu pai teve um :D ) e o metesse no tamanho de um megane...tipo nada a ver...é o que se passa com o mini.... 2 exemplos de carros bem feitos de clássicos:

- o carocha e o fiat 500...linhas modernas mas com a essência do modelo antigo, o mini não o tem, vocês são novos e se calhar nunca andaram no mini antigo, mas quem andou diz que aquilo de mini apenas tem o nome. Se mudassem o nome do carro se calhar achava piada ao carro, mas tipo sabendo que é o mini não consigo, pois eu adorava o antigo e não consigo fingir que é o mesmo carro que nada tem a ver. Percebem o meu ponto de vista?
Legendary Striker... is back again 8)

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 12:41 [#12]
Flexi Escreveu:Eu ligo sempre um carro a um todo, o design é apenas uma parte do todo...os meus pontos de um carro são os seguintes e por ordem:

- Motor
- conforto
- Design interior (visto que é o que vou ver 99,9% das vezes é dentro do carro)
- consumos
- design exterior

é esta a minha ordem de prioridades a nível de um carro neste momento, se fosse à 10 anos atrás quando tirei a carta era:

- Design exterior
- motor

e chega :mrgreen:

Eu não gosto do mini porque não me atrai acho o carro muito corpolento para o que é, especialmente eu que já andei imensas vezes nos minis antigos...tipo este carro não o considero um mini, considero um carro de nome mini, mas não é o mini...era quase como se agora a renault fizesse uma nova versão do renault 5(o meu pai teve um :D ) e o metesse no tamanho de um megane...tipo nada a ver...é o que se passa com o mini.... 2 exemplos de carros bem feitos de clássicos:

- o carocha e o fiat 500...linhas modernas mas com a essência do modelo antigo, o mini não o tem, vocês são novos e se calhar nunca andaram no mini antigo, mas quem andou diz que aquilo de mini apenas tem o nome. Se mudassem o nome do carro se calhar achava piada ao carro, mas tipo sabendo que é o mini não consigo, pois eu adorava o antigo e não consigo fingir que é o mesmo carro que nada tem a ver. Percebem o meu ponto de vista?
Entendo. Mas eu, sendo novo, nunca andei no antigo... Acho que é normal adorar o mini "novo". A tua opinião está baseada nas emoções que o antigo te deu, a minha está baseada na falta de experiência, que me leva a não saber como era o antigo, e a não relacioná-los, simplesmente olho para o mini e digo, "É um sonho de carro para um solteiro"... E tenho a completa consciência que deve haver melhores carros para solteiros, mas o mini tem aquilo... :)
Imagem
Adios, adieu, auf wiedersehen, goodbye.

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 13:14 [#13]
Se todos gostassem de do mesmo, só existia uma marca :D

Se vos disser que o meu carro novo, que na próxima semana o devo ter, é um skoda octavia muitos de vocês se calhar dizem que é foleiro, é o volkwagen dos pobres, mas para mim que não ligo a marcas apenas a factos adoro o carro, e testei imensos carros antes de escolher esse. Foi uma compra racional depois de ter visto carros emotivos(megane sport tour, Seat leon...) ;)
Legendary Striker... is back again 8)

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 14:30 [#14]
Mas tipo, o Fiat 500 é normal que siga a linha do antigo, o modelo é o mesmo. Agora o Mini não, o Mini é a marca, depois temos é vários modelos, alguns são mais parecidos com o antigo do que esse. Esse já é uma versão desportiva, não tem de seguir as linhas do antigo. Acho eu. :)
O meu tio tem um Octavia Flexi (o dele é carro, não sei se o Octavia tem carrinha se quer), já com uns 4 aninhos no minímo. Mas acho um carro muito confortável. :)
Imagem

Re: Comparativos das maquinas

03 Mar 2012, 14:39 [#15]
Eu falo mesmo do tamanho...o mini em condições normais é do tamanho do Fiat 500, ou de um fiat panda...é só por isso...mas o que importa é que quem o tenha que goste dele e faça dele o melhor carro do mundo :D

O meu carro vai ser este:
Imagem
Imagem
mas em preto ;)
Legendary Striker... is back again 8)

Re: Comparativos das maquinas

04 Mar 2012, 15:49 [#17]
Spoiler
Flexi Escreveu:Eu falo mesmo do tamanho...o mini em condições normais é do tamanho do Fiat 500, ou de um fiat panda...é só por isso...mas o que importa é que quem o tenha que goste dele e faça dele o melhor carro do mundo :D

O meu carro vai ser este:
Imagem
Imagem
mas em preto ;)
Isso é um skoda certo???
cron