Re: Ah, e tal...

05 Jan 2021, 21:02 [#8181]
A reportagem que a SIC está a fazer contra o Chega, o palavreado que está a ser usado, em vésperas de eleições... Quando o partido for o terceiro maior no país, vão perceber que não é assim que vão lá. Só estão a descer ao nível dos gajos.
Imagem

Re: Ah, e tal...

11 Jan 2021, 11:14 [#8182]
Quando daqui a uns dias entramos em confinamento geral novamente mas temos o João Ferreira do PCP a fazer comícios num coliseu do Porto cheio de gente a um domingo. "Seguimos todas as recomendações sanitárias". <3
Imagem

Re: Ah, e tal...

11 Jan 2021, 11:50 [#8183]
Jals Escreveu:
11 Jan 2021, 11:14
Quando daqui a uns dias entramos em confinamento geral novamente mas temos o João Ferreira do PCP a fazer comícios num coliseu do Porto cheio de gente a um domingo. "Seguimos todas as recomendações sanitárias". <3
Para além da má imagem que pode dar, até pode ser contra-producente dada a idade da malta do PCP. :geek:

Não deixa de ser curioso o Ventura iniciar a campanha nas terras alentejanas que o Chega anda a conquistar votos ao PCP, e o João Ferreira vem para o Norte, onde ele é irrelevante.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 13:33 [#8187]
A justiça em Portugal está de rastos. Têm sido casos atrás de casos.
A mudança de PGR, o caso das golas anti-fumo, o SEF, o Procurador europeu, agora estas perseguições a jornalistas. E faltam tantos outros aqui nesta lista.
O Sócrates é um menino à beira deste governo de António Costa.
Espero que a UE faça pressão e mande o novo procurador europeu para o caralho, assim como os ministros da Administração Interna e da Justiça.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 14:08 [#8188]
O meu resumo das eleições até ao momento é:
- Marcelo Rebelo de Sousa é um Vitorino Silva com melhor palavreado. Não tem uma única ideia. Para ele está tudo bem e siga para a frente.
- As ideias económicas de André Ventura é para onde o vento sopra. Começou a carreira de deputado como o que queira acabar com o SNS, depois afinal não e era mais ao centro estilo PSD, na campanha diz que é a reencarnação do Sá Carneiro, nos debates leva coça dos candidatos de direita (Se considerarmos o Marcelo de direita, coisa que não tem demonstrado) e agora copia as ideias da Iniciativa Liberal. Nunca se sabe o que vem dali. E o resto fora da área económica é o degredo que se conhece.
- O Mayan, pelo menos por enquanto, não tem grande jeito para comunicar. Mas melhorou imenso desde o primeiro debate. Ele ganha mais quando a discussão resvala para a análise das propostas e ele é capaz de expor os problemas da realidade actual e as vantagens da alternativa. Falta-lhe dar mais vezes exemplos concretos. O socialismo são os ciganos dele.
- A Ana Gomes só está na campanha para fazer oposição ao André Ventura. Quando não pode chamar de fascista alguém de quem não concorda, chama de neoliberal, palavra que usa uma dúzia de vezes de cada vez que aparece na televisão. Para ela, deixou de haver direita e passou a haver apenas neoliberais.
- A Marisa Matias diz mais mentiras que o André Ventura. Uma vez ou outra podia ser um lapso normal, mas quando chega a repeti-las mesmo depois de corrigida, percebe-se que é estratégia. Não me parece sequer que lhe esteja a correr bem. Também gosta de culpar o Passos, o primeiro-ministro que teve de aplicar o que a troika mandou com o dinheiro que foi preciso para retirar Portugal da enésima bancarrota, mas que só esteve lá 4 anos, esquecendo-se que a geringonça governa há mais tempo com apoio do seu BE.
- O João Ferreira é o palavreado do costume. Podiam meter uma cassete com "os melhores êxitos do PCP". No entanto, é curioso usar menos vezes expressões como "grande capital" do que o Jerónimo de Sousa. Será que é por ter apoiado estourar dinheiro no Novo Banco? Ou será que com o maior conhecimento do grande património imobiliário do PCP somado às isenções de impostos, descobriu que o próprio PCP desfruta das mesmas condições do "grande capital"?
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 16:02 [#8190]
Eu não tenho escondido que depois de toda uma vida sem me identificar com partidos, encontrei na IL aquilo que mais se aproxima ao que acredito. Tanto que as últimas legislativas foram a primeira vez que fui votar ao fim de 9 anos com direito de voto. Infelizmente não deu para eleger um deputado pelo Porto, mas o partido conseguiu eleger por Lisboa e em todo o caso é um voto que espero que seja uma semente para multiplicar no futuro.

Por isso não tenho problemas em votar no Mayan, por um lado por valorizar as ideias sobre a capacidade de debate, por outro para procurar ajudar ao crescimento do partido, e ainda para um maior conhecimento público daquilo que são as suas preocupações e as suas ideias.
O crescimento através da discussão de ideias é mais difícil e consequentemente mais lento do que o caminho populista do Chega e do André Ventura, mas acho que é feito com uma base mais sólida. Basta ver o partido minado por dentro que é o Chega. E está centrado no Ventura. No dia em que ele sair, o partido morre.
Enquanto que a IL procura lançar nomes novos. Porque importa mais a mensagem que o mensageiro.

No entanto, tenho sérias dúvidas que o partido consiga crescer para além de um partido médio, pois burros velhos não aprendem línguas e há toda uma geração mais velha que vota sempre nos mesmos, e infelizmente são uma percentagem cada vez maior da população devido ao decréscimo da natalidade.
Acho que o envelhecimento populacional é um dos principais responsáveis pela política que se faz em Portugal.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 17:51 [#8192]
Eu apesar de me identificar com a IL, a minha ideia seria não votar no Tiago mas sim em branco. Ao longo dos debates o homem foi evoluindo e surpreendeu-me bastante, ao ponto do meu voto já estar decidido. Acho que ainda tem muito a melhorar, principalmente a comunicação (nota-se que não é "político" com anos como os outros), mas já melhorou bastante.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 19:11 [#8194]
Jals Escreveu:
13 Jan 2021, 17:51
Eu apesar de me identificar com a IL, a minha ideia seria não votar no Tiago mas sim em branco.
Eu nunca votei em branco. Ou voto em alguém, ou não vou votar.
Os votos brancos e nulos valem zero. Se calhar a única coisa é que não contam para a abstenção.
Só se estivesse muito aborrecido em casa no dia de eleições. xD

Já houve propostas para fazer com que os votos em branco representassem cadeiras vazias no parlamento por exemplo, mas isso nunca passou de uma ideia.
santorfo Escreveu:
13 Jan 2021, 16:45
Qual é o partido que achas que sai mais beneficiado com a morte do CDS?
Opinião puramente expeculativa?

Não acho que o CDS vá morrer. Acho que tem demasiada história para simplesmente desaparecer. Pode e já é, um partido pequeno e pouco relevante.
Se o Chega morrer pela saída do André Ventura ou pela implosão do partido, os conservadores voltam todos ao CDS.

O maior beneficiado com o declínio do CDS é o Chega, não só pelos eleitores que capta, mas também porque faz com que o Chega se torne o dono do espaço à direita do PSD. Na realidade, o Chega torna-se o maior partido de direita, porque o PSD está tão colado ao PS que se não for centro absoluto é centro-esquerda.
Isso é importante porque capta mais facilmente votos à ala mais à direita do PSD e os descontentes.
Em número de eleitores o maior beneficiado poderá ser o PSD, mas acho que os votos adicionais que possam ser transferidos do CDS não serão relevantes para mudar seja o que for no PSD.
Acho que a Iniciativa Liberal não capta muito no CDS. Até pode receber alguns, que se revejam em personalidades relevantes do CDS como o Adolfo Mesquita Nunes. Mas acho que o conservadorismo do CDS não se mistura com o liberalismo. Até diria que a IL vai buscar mais votos à esquerda, visto que as ideias sociais são mais próximas (pró-escolha) e acho mais fácil convencer alguém com ideias económicas de que com ideias sociais. Acho muito difícil convencer alguém a ser a favor ou contra o aborto, mas bem mais fácil convencer (por exemplo) de que menos impostos na classe média significa mais dinheiro nas famílias para ajudar a elas e as empresas em que vão gastar o dinheiro.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 20:04 [#8195]
É verdade que os votos brancos não valem de nada (e concordo que deviam valer). De qualquer das formas, acho importante ir exercer o meu dever de votar, mesmo que não tivesse mudado de ideias quanto a votar no Tiago.
Ps: nunca votei em branco.

Uma dúvida, se alguém souber responder. A minha mãe testou positivo à covid ontem, por isso eu vou ter de estar duas semanas em isolamento. Como é que posso votar agora?
Edit: já vi que posso pedir voto antecipado entre 14 e 17 de Janeiro.
Última edição por Jals em 13 Jan 2021, 21:00, editado 3 vezes no total.
Imagem

Re: Ah, e tal...

13 Jan 2021, 23:11 [#8197]
Jals Escreveu:
13 Jan 2021, 20:04
Uma dúvida, se alguém souber responder. A minha mãe testou positivo à covid ontem, por isso eu vou ter de estar duas semanas em isolamento. Como é que posso votar agora?
Edit: já vi que posso pedir voto antecipado entre 14 e 17 de Janeiro.
Mas pedir o voto antecipado significa o quê? Que vêm a tua casa?
Imagem
cron